Destaque

ABPAR participa de audincia pblica no Senado Federal

A vice-presidente da ABPAR, Dra. Sílvia Matheus, em sua participação na audiência pública - no Senado Federal, que discutiu sobre o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF), que está decidindo sobre o fornecimento de medicamentos de alto custo pelo Estado Brasileiro, demonstrou que o processo de incorporação de medicamentos no Sistema Público de Saúde (SUS) leva vários anos, e doenças como a Amiloidose Hereditária são progressivas, incapacitantes e de evolução rápida, portanto, os pacientes não possuem condições de esperar todo esse processo.

Além disso, a avaliação da CONITEC utiliza critérios que não são adequados aos medicamentos para doenças raras, impedindo a incorporação de muitos tratamentos. E, por esse motivo, o judiciário brasileiro não pode fechar as portas para os doentes raros sob risco de condená-los à morte. Após a audiência, os Senadores entregaram o vídeo da audiência pública na íntegra aos Ministros do STF.



« Voltar